O volante Tinga surgiu como uma das grandes promessas da Ponte Preta depois de fazer uma ótima Copa São Paulo de futebol júnior em 2009. Com apenas 18 anos, ele subiu ao time profissional e virou capitão na Série A do Campeonato Brasileiro.

"Eu nunca esqueço e agradeço demais ao Rogério Ceni. Nós jogamos contra e já no intervalo ele atravessou o campo para falar comigo. Me elogiou bastante depois do final do jogo nas entrevistas. Foi então que tudo começou. Quero agradecer ao Rogério por isso, não sei ele lembra. Guardo essa matéria até hoje", disse o jogador, ao ESPN.com.br.

Após uma partida contra o São Paulo no estádio Moisés Lucarelli, em 2010, o atleta recebeu o elogio de um goleiro rival que mudaria sua vida.

"Ouvi muitas coisas nesta época, mas o que chegou de mais de concreto foi o Palmeiras mesmo. Meus empresários me apresentaram a proposta e decidimos ir para lá. Foi um grande clube e posso dizer que tive um privilégio e foi um sonho realizado. Foi uma honra ter vestido essa camisa".

Dentro de campo, seu grande momento foi um gol marcado na vitória por 3 a 2 contra o Goiás no Campeonato Brasileiro de 2010, na Arena Barueri.

Tinga lembra que seu visual fazia tanto sucesso entre os companheiros de time que virou assunto na televisão. "O Globo Esporte fez uma matéria sobre o meu cabelo bem engraçada (risos). Eu falava que era o meu charme e que tinha que tomar cuidado, senão as meninas iam me atacar. Eu era solteiro nessa época, tá? (risos). Até hoje eu dou risada de lembrar".

Elogio de Rogério Ceni fez Tinga ser contratado pelo Palmeiras


O volante Tinga surgiu como uma das grandes promessas da Ponte Preta depois de fazer uma ótima Copa São Paulo de futebol júnior em 2009. Com apenas 18 anos, ele subiu ao time profissional e virou capitão na Série A do Campeonato Brasileiro.

"Eu nunca esqueço e agradeço demais ao Rogério Ceni. Nós jogamos contra e já no intervalo ele atravessou o campo para falar comigo. Me elogiou bastante depois do final do jogo nas entrevistas. Foi então que tudo começou. Quero agradecer ao Rogério por isso, não sei ele lembra. Guardo essa matéria até hoje", disse o jogador, ao ESPN.com.br.

Após uma partida contra o São Paulo no estádio Moisés Lucarelli, em 2010, o atleta recebeu o elogio de um goleiro rival que mudaria sua vida.

"Ouvi muitas coisas nesta época, mas o que chegou de mais de concreto foi o Palmeiras mesmo. Meus empresários me apresentaram a proposta e decidimos ir para lá. Foi um grande clube e posso dizer que tive um privilégio e foi um sonho realizado. Foi uma honra ter vestido essa camisa".

Dentro de campo, seu grande momento foi um gol marcado na vitória por 3 a 2 contra o Goiás no Campeonato Brasileiro de 2010, na Arena Barueri.

Tinga lembra que seu visual fazia tanto sucesso entre os companheiros de time que virou assunto na televisão. "O Globo Esporte fez uma matéria sobre o meu cabelo bem engraçada (risos). Eu falava que era o meu charme e que tinha que tomar cuidado, senão as meninas iam me atacar. Eu era solteiro nessa época, tá? (risos). Até hoje eu dou risada de lembrar".